10.6.12


Conheces a minha maior saudade, mas um dia conheceste a sua causa. Numa tarde quente de verão, viste-nos sentar nesses grãos de areia lindos que tu tens. Passeamos lado a lado, de mãos dadas, ouviste a nossa conversa e pronunciaste-te sobre ela. Observaste um dos momentos mais bonitos que eu te podia mostrar, dos mais sinceros e verdadeiros que um dia eu tive, e consegui partilha-lo com o lugar e a pessoa que mais gostei, sinto-me privilegiada por isso. Deite a conhecer, é certo, mas não me arrependo de nada, hoje mais que ninguém és tu que guardas a promessa que não chegou a ser cumprida. És tu que podes provar que alguém, aí junto a ti, com a música do rebentar das tuas ondas e com o teu vento, me fez uma grande e importante promessa, és tu a prova disso! Obrigada por continuares a guardar os meus maiores segredos, por seres a minha linda praia.  

9 comentários:

Marta * disse...

Obrigada :')
Digo o mesmo de todos os teus textos o:
Continua*

CAROLINA DURÃES disse...

ora essa, obrigada eu :)
que lindo!

lilianna disse...

adoro tudo o que escreves ! *-*

sofia cymbron ~ disse...

tem mesmo :s
obrigada :') também gostei desse teu texto.

CAROLINA DURÃES disse...

óh, obrigadaa ♥

lilianna disse...

sim é verdade minha querida ! muito obrigado :)

Marta * disse...

Querida achas que dava para me ensinares a pôr musica no blog ? $:

Marta * disse...

Não, era da forma que tenho, procurei pelo youtube e encontrei como se punha, mas obrigada na mesma :)

Marta * disse...

É verdade, por mais que escreva tudo o que penso, nunca retratará na verdade aquilo que sinto. Sentimentos não se descrevem em palavras (: